quinta-feira, 31 de março de 2016

Regras Básicas do Desapego - 1


Feng Shui
Processo Básico do Desapego 1

Após abordarmos relevantes questões sobre o que envolve o desapego e diferentes formas de desapego é hora de iniciar o processo, "por as mãos na massa" ou na "bagunça" se preferir...

Porque praticar o Desapego


Quero uma vida mais feliz, clareza para mudar meus conceitos sobre consumir coisas que realmente necessito e passar menos tempo lidando com acúmulos. Não quero criar elos com coisas que estagnam minha energia.
Uma vida simples que traga muita felicidade, Que minha clareza mental esteja em evolução E que o espaço onde vivo esteja sempre livre de acúmulos e confusão.

E porque adiamos o Desapego

São sinais de sabotagem, sinais que elam nossos sentimentos a coisas que emocionalmente parecem importantes, mas que na verdade, não nos deixam evoluir nem prosperar em algumas áreas da nossa vida. Veja como identificar alguns motivos:

* Coisas sem lugar apropriado - Hoje elas estão na mesa de centro, amanhã em alguma gaveta... na verdade, elas podem estar perdidas em qualquer lugar. Questione mais sobre a importância destes itens. Se as respostas forem negativas, melhor decidir um destino para eles. As vezes são coisas que ainda não tem lugar designado, então é hora de criar um propósito para elas, ex:Uma pasta/caixa para documentos.

* Coisas que gostamos mas não usamos - São como ideologias para o futuro, nos vemos utilizando aquilo, no entanto, o tempo passa e nada de usa-lo. Seria interessante coloca-lo em uso, pois assim ficamos mais próximos das nossas metas.

* Coisas que uso, mas não guardo - Você provavelmente, por muitas vezes ouviu sua mãe pedir para guardar as coisas depois de usar, não se trata exatamente de acúmulo, mas a ideia de que vai usar novamente aquele item para terminar alguma tarefa... bem, coisas não acabadas geram sensação de incapacidade e sempre que olhar para elas sua energia entrará em desequilíbrio.

* Coisas que talvez eu use um dia - É tipico exemplo na maioria das casas, uma confusão de energia entre o presente ( realidade) e o futuro (imaginação). Se você não usou aquela máquina, roupa, ferramenta nos últimos anos ou longos meses é muito provável que não usará novamente, porém, fica lá ocupando espaço.

* Coisas que não encontrarei mais - É muito comum falarmos em raridades, mas se realmente for raridade faça proveito disso, levante algum dinheiro, alugue, exponha, nada tem valor sem uso e acaba bloqueando energias prosperas a sua realidade. Artigos que se tornaram inadequados à tecnologia podem ser transformados, fotos, filmes, cds - todos podem ser digitalizados, inclusive livros.




Em detalhes sobre o exposto na animação:

Não há porque sair comprando containers, caixas ou sacos, nem mesmo objetos ou móveis para organização. Lembre-se que faz parte do Decluttering (despego), o consumo consciente.

Não comece algo que tome seu tempo e seu ânimo, um projeto importante como esse pode ser facilmente sabotado pela energia que você poderá despender nele... Você melhor do que ninguém tem noção e proporção do seu acúmulo, dessa forma, iniciar o processo pensando na casa toda no mesmo dia seria inviável. O ideal é um cômodo ou um ambiente por vez, dessa maneira poderá controlar e visualizar melhor o processo, pois quanto mais motivado, melhor para próxima etapa.

O que estava acumulado bloqueando e minando o fluxo das energias desapareceu e o que vem é a sensação de leveza e bem estar. O que virá também é a vontade, por hábito ou vício, de preencher aqueles espaços, antes abarrotados, de novas coisas ou coisas novas, portanto, não sabote seu empenho, pois para manter a harmonia no seu ambiente não há um sistema automático e requer comprometimento que consequentemente se torna um modo de vida.

Ao aliar o Desapego a busca da harmônia é importante não confundir tendência, estilo e design com perfeição, pois a perfeição é harmonizar com sucesso seu ambiente de modo que atenda suas necessidades.

A parte mais fácil pode ser a mais difícil, pois muita gente acha que separar tudo e escolher o destino define o processo, mas na verdade o êxito ocorre imediatamente com a devida destinação de cada objeto:
- O que é doação, caridade ou para amigos - leve imediatamente,
- O que é lixo jogue fora no mesmo dia.
Acredite, o trabalho mais difícil já foi feito, agora é só concluir sua tarefa.

Lembre-se, o Bom Feng Shui demanda um ambiente salutar onde as energias tem como base a moderação e intensificação do seu fluxo, e como resultado um lugar onde nos sentiremos felizes, confortáveis e à vontade.


Siga Astral Aromas  e acompanhe as Regras Básicas do Desapego - Feng Shui Introdução, 1, 2 e 3


Adriano Brasil - Consultor Feng Shui na Astral Aromas

Nenhum comentário:

Postar um comentário