domingo, 22 de novembro de 2015

Iogurtes Naturais Caseiros- Probióticos - Lactobacilos - Soro (Whey Protein)

Uma coisa difícil de achar é alguém que não gosta de iogurte, mas será que qualquer iogurte faz bem?
Hoje vou comentar sobre a simplicidade de fazer iogurte em casa, isso quer dizer - produto fresco, natural e saudável. A preparação é muito simples e as opções do que se pode preparar com a fermentação de vários tipos de leites também não é difícil.

As primeiras observações para o preparo de um iogurte de qualidade está no leite que você irá utilizar, de preferência,  um leite integral orgânico, ele é livre de hormônios, antibióticos e pesticidas, além disso provêm de uma produção eco-sustentável, isso quer dizer que os animais, o solo, a água e a fazenda ou sítio mantém harmonia com a natureza, o que resulta em produtos ricos em vitaminas e proteínas.

Ainda que o leite não seja orgânico ocorrerá a fermentação, consequentemente os probióticos, o importante deste iogurte é justamente sua praticidade e ter em casa a oportunidade de consumir lactobacilos vivos com mais frequência, livre de corantes, conservantes, amidos espessantes, celulose e gelatinas. Imaginem os potes industrializados podem possuir 50% de iogurte e 50% da composição de farinha, goma, açúcar e corantes. Vale lembrar que o assunto aqui não é o consumo de leite, mas sim a produção de probióticos de forma acessível e da forma mais natural possível.

Para a fermentação, pode-se utilizar um iogurte integral comum de mercado, desde que seja constituído de leites e fermento lácteo. Aqueles com farinha, espessantes podem estragar sua receita, além do que já mencionamos no parágrafo anterior.
Outra é o próprio fermento lácteo  comprado em lojas de produtos naturais (em pó - ver preparação na embalagem). Em relação a consistência, tanto o tipo de leite como o tipo de fermentação resultará em um iogurte mais firme ou mais líquido, sendo que leites semidesnatados e desnatados fermentados com iogurte integral servirão apenas como bebida, enquanto que leites integrais servirão como porções de sobremesa e até mesmo para temperos e recheios.

Ainda sobre o leite, deixo aqui uma matéria super interessante do Dr. Alexandre Feldman explicando as verdades e mentiras sobre o leite, a relação do leite e iogurte, além dos malefícios quando o leite é pasteurizado ou transformado, principalmente os problemas relacionados a inflamações e dores de cabeça. Lembrando mais uma vez, que o assunto envolve o leite como produção de probióticos de forma acessível e mais natural possível.

Também há o kefir, bastante conhecido pela forma compartilhado, além disso é um provedor de probióticos milenar. O interessante sobre o Kefir é a possibilidade de consumo e produção de probióticos a partir de outros líquidos como água de coco ou água com açúcar mascavo. Este vídeo é simplesmente o mais completo sobre o Kefir 

O termo probiótico provém do grego e significa pró-vida - são micro-organismos vivos que produzem efeitos benéficos à flora intestinal e que agem como coadjuvantes na prevenção e tratamento de doenças. Não há cientificamente uma medida determinada de consumo, mas ao consumi-lo diariamente conclui-se que iniciam seu caminho na boca cumprindo seu propósito até o cólon.

Benefícios:
• Melhoram a digestão das proteínas, hidratos de carbono e gorduras
• Promovem movimentos intestinais regulares
• Fortalecem a performance do sistema imunitário
• Contribuem para a absorção dos minerais
• Produzem antioxidantes
• Participam na produção de algumas vitaminas B
• Ajudam a reduzir os efeitos de intoxicações alimentares
• Normalizam problemas de pele
• Ajudam a reduzir o colesterol
• Mantêm a saúde óssea
• Ajudam a equilibrar os níveis de açúcar no sangue
• Melhoram os sintomas de intolerância à lactose
• Ajudam a combater infecções de fungos e fermento
• Limitam a ação de doenças causadas por bactérias

Indicação:
• Alimentação deficiente -  açucares, alimentos refinados e processados
• Consumo de água calorificada e fluoretada
• Stress, fadiga, poluição
• Nascimento através de cesariana
• Consumo de álcool
• Infecções bacterianas

• Consumo de Antibióticos (Os antibióticos destroem todas bactérias boas e ruins)

Contra Indicação:
• A todos que prefiram consumir produtos geneticamente modificados, com monstruosas aplicações de hormônios e antibióticos em animais e que resultam em produtos que silenciosamente matam e adoecem as pessoas.


Receita:
1 litro de leite 
1 pote de iogurte (100g) integral / 1 envelope de fermento lácteo em pó
Acompanhamentos: Frutas / Aveia / Mel / Granola / Chia
  1. Escolhido o leite, fervido ou não, deverá estar numa temperatura média de 45º ou até quanto conseguir manter seu dedinho limpo dentro do leite. 
  2.  Pré aqueça seu forno por 5 minutos.
  3. Dissolva o iogurte / fermento por complete ao  leite. O ideal é dissolver todo conteúdo do fermento numa pequena porção, em seguida juntar tudo para que fique homogêneo 
  4. No processo de fermentação, a mistura deve permanecer na temperatura por algum tempo até atingir a temperatura ambiente, por isso a mantemos no forno pre-aquecido.
  5. Forno já desligado, cubra a mistura com tampa e toalhas de modo que esteja isolado e térmico e deixe dentro do forno ou uma caixa térmica por 15 horas.
  6. Evite açucares, principalmente refinados e adoçantes e abuse de frutas ( Limpeza), 
No caso do Kefir assista esse vídeo como passo a passo.
No caso do Iogurte Grego basta deixar o iogurte dentro de um escorredor forrado com pano ( de saco ou fralda)  dentro da geladeira por 24h. para dessorar.

Obs: Este Soro do Leite é muito rico em aminoácidos (Whey Protein), o mesmo utilizado por atletas de academias, porém na forma industrializada.

Encontre uma feira orgânica mas próxima.

Nosso corpo não absorve somente propriedades alimentícias, mas também o que ouvimos, sentimos, cheiramos e tocamos e tudo isso envolve o que chamamos de saúde. Atitudes simples como o consumo de produtos que beneficiam nosso sistema imunológico garantem uma vida mais saudável, além de combater os desequilíbrios causados pela poluição, estresse, acúmulo de metais no organismo, ingestão de produtos refinados e processados. Assim, a lógica é tornar um hábito para não precisar de remédios, pois estes tratam somente a dor e nunca atingem a causa.

Povoa Hélio - O Cérebro Desconhecido - Alimentação e Saúde Física e Neurológico 
http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2014/11/20/yogurt-gut-health.aspx
http://pat.feldman.com.br/como-aproveitar-o-soro-de-iogurte-na-sua-cozinha/
http://www.florasaude.pt/


Nenhum comentário:

Postar um comentário