quarta-feira, 26 de julho de 2017

10 Fatos da Perfumaria! 4º



10 Fatos da Perfumaria! 




Já teve aquela dúvida sobre o local ideal no corpo para passar o perfume?

Pois é, isso também pode variar, mas a novidade não é tão nova se olharmos o que a história nos conta, na verdade esse truque já era utilizado desde a época de Cleopatra, os egípcios e depois na França. Já descobriu onde?

- Nas perucas! Imaginem o quão benéfico os aromas podiam ser em regiões de clima árido e altas temperaturas ou até mesmo, extremamente frios como na Europa.

Falando em peruca ficou fácil deduzir que o cabelo pode ser uma boa alternativa para aqueles que querem esbanjar o seu cheiro muito além do seu campo olfativo. Por ser uma parte do corpo que está sempre em movimento e concentra boa oleosidade, isso pode aumentar o poder de fixação do perfume e consequentemente ir além na difusão do aroma.

Um cuidado! Nosso perfume pode não ser tão quisto pelo outros quanto nosso nariz acredita ser bom, por isso, use sempre com bom senso e não vicie seu olfato, pois isso pode fazer com que você exagere e utilize mais do que necessita e acabará agredindo o espaço dos outros gerando um efeito contrário, principalmente se utilizar perfume sintéticos de moléculas densas.




Seu Perfume Botânico Personalizado aqui  @Astralaromas 


Adriano Brasil - Astral Aromas - Perfumaria Botânica Natural
http://www.ancient.eu
http://www.reshafim.org
http://www.parfumeurs-createurs.org
https://www.littlethings.com

domingo, 9 de julho de 2017

10 Fatos da Perfumaria! 3º

            10 Fatos da Perfumaria!

 3º- Falando da diferença de custo comercial dos perfumes industriais e naturais. Se compra e usa pelo conteúdo ou pelo que dita a moda?
Marketing olfativo y experiencia de venta
Pois é, vejamos o que acontece quando traçamos uma linha entre o que está dentro e fora dos frascos e quanto custa para se produzir perfumes industriais e naturais (botânicos).

Em resumo, observando a origem, modo de obtenção, segurança e preço, vejamos os seguintes comparativos em relação ao preço final de um perfume botânico e industrial:


Natural / Botânico Industrial
Origem Naturais extraídos de plantas, flores, folhas, resinas, madeiras, frutas, sementes... Compostos Sintéticos, *
Composição Óleos Essenciais, Concretos, Absolutos, Isolados Naturais, Tinturas, Ceras, óleos vegetais, álcool Compostos Sintéticos, Derivados de Petróleo, *
Produção Artesanal / Personalizada Grande Escala Industrial
Segurança De acordo com Aromaterapia / Aromatologia / Perfumaria /Ecocert / IBD / IFRA Perfumaria / ANVISA / IFRA
% Custo do Perfume 90,00% 5,00%
%Embalagem, %Marketing, %Impostos, %Distribuição **10% 90,00%

* É possível que algumas perfumarias industriais ainda usem na composição fragrâncias naturais, quando o perfume custa muito caro.
**  Este valor pode ser alterado em virtude de encomendas postais,  no entanto um sistema sustentável de compra local pode reduzir essa taxa a 0%.

Fatores importantes em relação aos naturais estão relacionados com todo processo e a qualidade dos óleos, lembrando que perfumes naturais e botânicos podem ser usados em terapias para fins terapêuticos, emocionais e energéticos, enquanto que perfumes sintéticos estão relacionados a problemas respiratórios, endócrinos e neurotóxicos.
Uma indústria que sabe conduzir conceitos e aplicar o marketing olfativo não pode ficar refém  das variações da natureza, assim ela mesma constrói um mundo impregnado que pode acabar com a condição olfativa natural de novas gerações levando à praça moléculas densas reproduzidas em laboratório, você já deve ter ouvido falar em fixação, morango ou Calone...
São reproduções sintéticas que podem confundir sobre o que realmente cheira a brisa do mar ou o próprio morango, sem mencionar a falsa ideia de que um bom perfume precisa de fixador.

Se compararmos o preço do óleo essencial com uma fragrância sintética podemos entender como as cifras são envazadas. Enquanto o quilo da rosa da Bulgária custa em média de 4 mil a 5 mil euros, sua réplica sintética custa apenas 50 euros, daí essa mistura de popularização junto com tendencias perfumísticas exorbitantes explodem no mercado dos perfumes, bem como dos produtos de limpeza e promoções de produtos através do marketing olfativo.

Por fim, saber qual perfume vestir, para que vestir e sua consequência envolve muito mais do que usar o perfume da moda, do artista do momento ou do lançamento na mídia, envolve consciência, saúde e uma chance de se unir a verdadeira natureza da qual nós somos e precisamos "sem ter que pagar nada mais por isso". 

Adriano Brasil - Astral Aromas
De Barry Nicolas - A arte dos perfumes
http://revistapegn.globo.com
http://www.operfumistico.com.br
http://www.ecycle.com.br

domingo, 2 de julho de 2017

10 Fatos da Perfumaria! 2º

10 Fatos da Perfumaria!


2 º  O primeiro perfume à base de álcool foi feito em meados do século XVII, sendo que o álcool já era grande novidade no uso de diluições e como conservante. E qual foi importância do álcool na preparação dos perfumes naquela época?


A história relata que o primeiro perfume feito com álcool foi criado pela rainha Elizabeth da Hungria, cerca de 1650, quem teria obtido grandes vantagens na saúde e no rejuvenescimento com uso generoso e diário, numa combinação que indicava o uso de  alecrim, tomilho e sálvia ao brandy, o que até hoje varia bastante. Na verdade, toda esta história pode ter sido mal contada, claro que em relação a sua criação, pois este tipo de preparo era originalmente indicado como tônico por farmacêuticos nos tratamentos de saúde.

 Com o uso do álcool permitiu-se preparações mais diluídas, principalmente com essências mais frescas e mais voláteis, como vimos com a utilização da sálvia e do alecrim, bem como as flores - ex. a lavanda. Isso deu origem as águas-de-colônia que na sequência da historia da perfumaria se desdobra com muito sucesso.Outro fator é que essas águas seriam utilizadas não somente como perfume, mas também na higiene ; eram utilizadas para as pessoas se lavarem e se tornou um dos perfumes mais popular na Europa até o seculo XVIII.

Curiosidade: Amante das águas-de-colônias, Napoleão utilizaria litros delas por dia...


Astral Aromas Perfumaria Botânica e Natural - LOJA

Adriano Brasil - Perfumista Botânico / Aromaterapeuta e Terapeuta Holistico

http://i-d.vice.com/en_us

 A Arte dos Perfumes - Nichollas de Barry 

  

quarta-feira, 28 de junho de 2017

10 Fatos da Perfumaria! 1º

10 Fatos da Perfumaria!

Fatos da Perfumaria!
  1. O termo que define o que conhecemos como "perfume" provém do latim - "Per Fumus" = Pela Fumaça / Por Defumação. Daí qual a relação da fumaça com perfume?
-Pois é, Acredite... Entre alguns tipos, uns dos mais remotos eram os de incenso, feitos com ervas, especiarias ou resinas, como coentro ou olíbano ( Frankincense). Sempre foram associados a rituais, cerimônias religiosas, como oferendas às divindades, higiene ou purificação. Hoje em dia os incensos ainda são usados como perfume, mas muito mais para ambientes, cerimônias, rituais ou na defumação mística.

Astral Aromas Perfumaria Botânica e Natural

Adriano Brasil
www.pioneerthinking.com
www.bustle.com
A arte dos perfumes - Nichollas de Barry

Afirmação Diária - Gratidão